Os Cardinais é daquelas bandas que temos empatia instantânea. Impossível não se identificar com alguma das músicas dos dois EPs já lançados: “Loucos Casais e Suas Sensatas Histórias de Amor”, volumes 1 e 2.

A banda aposta nesse novo formato de consumir música, onde dificilmente alguém ouve um disco inteiro, e vai lançar seu trabalho em doses homeopáticas: serão 6 EPs com duas músicas cada, sempre abordando o mesmo tema.

Os Cardinais fazem o rock-canção, como eles mesmos se intitulam. É um rock mais clean com algumas partes sujas, bons riffs de guitarra e abordando sempre essa temática dos relacionamentos. E acertam naquilo que se propõem a fazer.

A banda é formada por Hem Frazão (voz e guitarra), Neto Villa-Rica (guitarra e backing vocal), Caio Galvão (bateria) e Ivo Solano (baixo), todos músicos experientes, e os dois EPs provam que usam essa experiência a favor da proposta. Canções bem executadas, melodias bem inspiradas e letras que nos levam pra algum momento de nossas vidas.

Quem nunca se pegou achando que deu tudo muito errado ao se apaixonar por alguém? Ou teve aquela treta monumental por conta de uma mensagem no celular? Ou quem não se desmonta todo ao perceber que “aquela” pessoa tá olhando pra você? Impossível não se identificar.

O Volume 1 foi lançado ainda em 2018, enquanto o volume 2 foi gravado ao vivo durante as sessions do 202 e mantém a mesma qualidade do anterior. A banda poderia explorar mais o sax usado no Volume 2, que ficou bem tímido na mixagem, trabalhar mais os arranjos de metais, e quem sabe investir numa metaleira, que poderia dar muito certo no som da banda.

E no mais, uma banda que faz referência aos Mutantes já merece atenção especial!

*Rubens Lerneh