Aquele surf rock que se iniciou com Dick Dale, no fim dos anos 50, e que teve sua febre no comecinho dos anos 60, na Califórnia, nunca atingiu a popularidade de outras vertentes do gênero rock’n roll. Bastou a invasão dos Beatles para tanto a surf music como as bandas que a representavam serem relegadas a um segundo plano, tornando-se um gênero atrelado a um tempo, estação e local específicos, sem tanto destaque.

Uma história semelhante teve o dream pop/shoegaze, gênero que teve visibilidade por muito pouco tempo, apesar da aclamação da crítica, lá nos anos 80 e 90, na época das estranhas bandas que misturavam sonho e realidade, um som progressivo com outro repleto de apelo pop, como o The Chameleons, o My Bloody Valentine, o Ride e o Slowdive, bandas que também remontam sempre a um mood e a um tempo bem particulares.

Mas, o que pode ter em comum esses dois movimentos para além de suas curtas durações e pouco destaque nas mídias tradicionais?

Pois é, nessa última década, surf rock e dream pop se juntaram para formar um movimento novo e, por que não, genial, por ser uma mistura tão improvável e tão peculiar. Estou a falar do surf pop e de seus tantos subgêneros e, caso nunca tenha ouvido falar de nada disso, chegou a hora de dar uma conferida.

Para falar do surf pop vou pegar carona no último lançamento da banda Husbands, liberado em janeiro de 2020 nas plataformas de streaming. O álbum se chama “After the Gold Rush Party”, e ele, com grande maestria, faz referências a todos os bons artistas do estilo. Embora lançado no apagar das luzes da década, é uma boa pedida para os que querem se iniciar nessa vertente da surf music.

O álbum merece ser ouvido em sua integralidade, mas farei alguns destaques, com dicas para a gente minerar e nos aprofundar na experiência do surf pop:

Manhorse – essa música pega a vibe criada pela banda Alvvays, lá no início da década (2011), dá uma mistura com o The Strokes e cria uma canção memorável, que dá vontade mesmo de comprar uma prancha e rumar ao litoral. Para conhecer melhor o Alvvays, recomendo o primeiro disco deles, homônimo (Alvvays – 2014).

Narc in a Melvin’s Tee – a pegada retrô aqui é forte, lembrando muito bandas como CASTLEBEAT e Surf Curse, pela levada empolgante e vocais oitentistas. Vale a pena conferir ropepoolside e tennis do CASTLEBEAT para pegar as referências.

3AM – Na década surgiram também bandas com um som incrivelmente denso e ambiente, remetendo a praias cinzentas e tristeza adolescente de verão. A música 3AM lembra muito as baladas nostálgicas da banda RHEYA, como as canções franchise Chihiro.

She’s a Betty – Essa canção traz a linha mais californiana do surf pop, a mesma de bandas como BolinasReal Estate, cayucas Hibou. Recomendo muito a música Angostura, do Bolinas, que tem uma vibe que une, perfeitamente, aquele som californiano dos anos 60 com a estranheza sonhadora do dream pop, dos anos 90.

Culebra – Penso que aqui é o ponto alto do álbum, porque é a música que mais parece apontar para um caminho novo no universo da surf music, com acordes mais estranhos, vibratos e harmonia que foge do senso comum. Lembrou bastante uma canção do Pro Teens, que se chama Good night Moon’d. Mas essa música do Pro Teens já flerta bastante com o Neo Soul, em sua vertente mais indie, que é assunto para outra coluna, por ser tão vasto e também tão novo.

Bom, o universo do Surf Pop, apesar de um nicho bem específico, é bem amplo e a exploração não dá para fazer em pouco tempo. Realmente existem muitas bandas legais nessa onda. Da minha parte, digo que realmente amo todas as bandas que fizeram esse movimento e foi incrível viver essa década, pois foi a primeira que acompanhei de perto os lançamentos e as novidades que ela trouxe na surf music, como um grande verão de 10 anos.

Agora que estamos ambientados, podemos conferir a playlist que fizemos para guiar vocês nesse mergulho:

Para encerrar o assunto, vai aí uma lista de 15 bandas para dar aquela ajuda na hora de minerar o gênero:

1.       Alvvays

2.       Beach Fossils

3.       Hibou

4.       Zen Mantra

5.       Husbands

6.       GOOD MORNING

7.       Real Estate

8.       Hockey Dad

9.       Yot Club

10.   Marlin’s dreaming

11.   Cayucas

12.   CASTLEBEAT

13.   Balue

14.   The Buttertones

15.   Surf Rock is Dead

*Yuri Cavalcante

**Playlist no Deezer:  https://www.deezer.com/playlist/7235809524?utm_source=deezer&utm_content=playlist-7235809524&utm_term=3241714364_1581371642&utm_medium=web