A Vitalia foi formada no final de 2019, por ex-colegas da extinta banda Madame Baterflai. A turma resolveu se reunir e ver se ainda havia alguma química.

O EP foi gravado ao vivo no Studio 202, com Diney Castro na guitarra, Daniel Campos na bateria e Gabriel Graúna no baixo.

Temos cinco temas instrumentais no EP. As músicas são todas bem recentes, compostas entre o final de 2019 e as primeiras semanas de 2020. Talvez por isso temos aquela sensação de que parece faltar algo. As músicas parecem bases que seriam trabalhadas posteriormente, e que ainda falta gravar as vozes. A todo momento esperamos um vocal surgir durante a audição.

Os temas, tendo essa proposta instrumental, não empolgam. É tudo bem tocado, com uma gravação muito boa, com todos os instrumentos soando bem, bons timbres e com uma ótima mixagem. As músicas alternam guitarras clean com uns drives bem definidos, com um wah wah bem encaixado vez ou outra; bateria precisa e um baixo marcante. Mas uma certa “ausência” está sempre presente.

A Vitalia parece que ainda busca definir o seu som e uma proposta. Aguardemos os próximos lançamentos para verificarmos. Potencial a banda tem.

*Rubens Lerneh