A banda instrumental piauiense Autoclismo, em hiato devido à mudança de residência de seus integrantes, acaba de lançar o single Deep Dive, sobra do EP “Tetra”, de fevereiro de 2021.

Deep Dive, apesar de gravada antes das outras faixas de “Tetra”, ficou engavetada para não extrapolar o formato EP requerido para a plataforma. De comum acordo a banda decidiu postergar seu lançamento para o segundo semestre de 2021. É uma faixa em que a banda explora outros timbres e outros andamentos, conseguindo um resultado muito bom.

O título faz alusão ao mangá “Ghost In The Shell”, e tem arte da capa por Carlos Henrique, que também é integrante do quarteto teresinense Deepmoon.

O Autoclismo é um trio instrumental formado em Teresina em janeiro de 2018 por Lucas Barbosa (guitarra), Fernando Castelo Branco (baixo) e Jarrel Santos (bateria), com influências que vão desde rock alternativo, post-hardcore, stoner rock e nuances experimentais.

No começo do ano de 2021 a banda lançou “Tetra”, um EP de quatro faixas, dentre as quais se destaca Venice. O trio instrumental piauiense já existia antes do planeta Terra parar diante de uma pandemia sem precedentes na história da humanidade. Suas quatro faixas já faziam parte do repertório ao vivo da banda, algumas há poucos meses, outras desde sempre. O consenso era que este trabalho deveria “amarrar” o percurso da banda também. Enquanto o mundo se isolava e aprendia a sobreviver à base de protocolos, “Tetra” foi gestado.

*Rubens Lerneh