Ontem, rodeado de muita arte e artistas, Chiquinho Cash/Garra, lançou “Conexão Love II”, seu segundo livro de poesias. Chiquinho é a cara do centro histórico de Teresina. Se você frequentava os eventos realizados ali na Praça Pedro II ou Clube dos Diários já deve tê-lo visto por lá.

O lançamento multicultural, além das poesias do Chiquinho lindamente recitadas, contou, ainda, com a performance da Isabelita Kennedy e som comandado pela DJ Samdra Dee.

Foto: Dani Marques

“Conexão Love II” fala de amor, de separação, de Teresina! Chiquinho não escreveu esse livro sozinho, várias outras mãos o ajudaram para que esse fosse publicado, ele mesmo relata a importância dos amigos nesse seu feito. 

Foto: Dani Marques

O livro tem uma cara de fanzine, uma coisa meio underground. Como forma de retribuir o carinho daqueles que o ajudaram no lançamento, Chiquinho deixou que seu livro fosse composto da arte de vários outros artistas. A artes da capa, miolo e quarta-capa são de artistas diferentes. 

Foto: João Batista

Chiquinho resiste, assim como o centro da cidade em que ele vive. Chiquinho é a cara de Teresina, é poesia que resiste ao calor maçante e às intempéries sociais. Chiquinho também é amor, transformado em poesia. Que ‘Conexão Love II” chegue aos ouvidos daqueles que se negam a ouvir nossas diferenças gritantes, que nos faça entender que as mudanças não se dão sozinhas, que o coletivo move muito mais.

*Dani Marques