Quando se fala em gravação de DVD, a gente sempre espera uma grande produção, imagens sensacionais, um bom som e um grande público, seja em número ou em empolgação. O DVD do Alma Roots, gravado no Circuito Piauiense de Reggae em 2019 e lançado apenas agora em 2022 entrega esse combo com maestria. Um grande e animado público lotou a Praça Pedro II, cantou junto com a banda e entregou um grande componente a esse ótimo show pra quem curte o som jamaicano, com um ótimo tempero do Piauí.

O primeiro grande destaque aqui vai pra o pessoal que pensou o show sem cantar um nenhum A ou tocar sequer um Lá Menor. A equipe de direção de imagens, edição e captação de áudio fez um belo trabalho, conseguindo levar à quem liga a tv em um domingão pela manhã tomando seu cházinho (RS) toda a vibe presente naquela noite, dedicando boa parte das imagens a mostrar o público que curtia o som naquela noite.

A banda esteve impecável em cima do palco. Com metais precisos, baixão e bateria segurando todo o peso, as guitarras e os teclados dando o swing do reggae e a DJ afiada, o Alma Roots apresentou no seu DVD o que entrega nos seus shows, um reggae com muita qualidade que não deve em nada pra os grandes destaques nacionais.

Também é necessário destacar o trabalho feito por Esther Lima e Cami Rabelo que fizeram os backing vocals. A escolha dessa dupla foi extremamente feliz pra esse DVD porque uniu o poder dos graves da Esther com a suavidade da voz da Cami Rabelo.

O show também teve suas canções muito bem distribuídas, fazendo o show crescer a cada canção tocada, evoluindo e trazendo cada vez mais o público pra dentro do show. Cantando junto, aparecendo com a banda e se envolvendo.

Inegável também a felicidade do frontman, Nildo Viana, que é um cara que acredita com toda força na sua arte e faz com que o Alma Roots seja uma extensão do seu próprio CPF, sendo impossível indissocia-los . O show é muito bom, muito bem gravado e será lembrado no futuro, certamente, pela nação regueira que virá fazer som no Piauí. Minhas canções preferidas são Ancestral, Na Quebrada, Chá Caseiro, a ótima interpretação de A Carne de Esther Lima, Hoje eu Tô de Boa e Independência ou Morte, que nomeia esse DVD. Mas vale a pena assistir tudo. Ligue a tv e curta seu chá das 4:20.