Voltei, caras! A vida tá uma loucura, mas há que brotar espaço para dividir informações preciosas com vocês. Não tenho assistido muito filme e a gente tem que compensar de alguma forma, né? Nem que seja falando de cinema. Ainda não estou muito conformada que esse mês não passei nem na porta de uma sala de exibição, avalie entrar e apreciar a sétima arte.

Então, vamos às novidades!

O cineasta e amigo Monteiro Junior (https://www.instagram.com/doroteu.1938/) está trabalhando num projeto novo. É um curta-metragem chamado Estalos com previsão de estreia no circuito de festivais do próximo ano. Mais uma ideia colocada em prática graças ao incentivo de editais públicos (infelizmente em extinção como observei no texto anterior). Este, inclusive, com recurso exclusivo para produções cinematográficas. Aproveitar o espaço para parabenizar o artista pela vasta obra e pelo aniversário no último dia 17. Parabéns, Monteiro Junior!

O coletivo Pindoba Filmes está com audições abertas para homens negros ou pardos, com idade entre 18 e 25 anos, que desejem atuar num curta-metragem com temática LGBTQIA+. Interessados podem enviar currículo e foto para o e-mail pindobafilmes@gmail.com. Em caso de dúvidas é só fazer contato pelo instagram https://www.instagram.com/pindoba_filmes/ ou pelo e-mail mesmo.

Para finalizar de forma orgulhosa, o filme Hortelã, de Ítalo Damasceno e Thiago Furtado, foi selecionado para o Festival Rio LGBTQIA+ que acontece em julho de 2022, mais uma vitória dos artistas de cinema do Piauí. A propósito, o curta-metragem está na programação da Feira do Livro da Diversidade, aqui em Teresina, e será exibido dia 29 de maio com bate-papo sobre a produção logo na sequência. Vale muito a pena conferir de perto!

E por hoje é só, minha gente. Da próxima vez vou tentar trazer resenha de algum filme ou série. Torçam que eu consiga uma brecha de tempo pra assistir algo impactante nos próximos dias para que isso seja possível. Valeu!