Em sua III edição, o Rock Invaders, idealizado em 2019 por André Russo, Hemington Frazão e Neto Villarica, levou ao palco do Multiverso, uma mistura de estilos, capaz de agradar de amantes do Blues, do Rock Canção e até do Death/Doom Metal.

O evento tem o objetivo de sempre ser realizado em um local diferente a cada edição, com bandas de vários estilos, e, sempre que possível, apresentar novos sons, oxigenando a cena.

A banda Bulldog Jack abriu a noite, com seu Blues Rock, tocado com muita competência. Bons timbres de guitarras e uma cozinha entrosada, formando a base para as boas nuances de teclado, que ficaram com volume um pouco baixo.

A Bulldog Jack surgiu em 2012 como um trio e a proposta de fazer um Blues Rock autoral. Com músicas que falam de bebedeiras, aventuras, desventuras, mulheres, encontros e desencontros, mandam um som raiz que vai da Frei Serafim à Louisiana dentro do Corujão.

Foto: Rubens Lerneh

A Garoto Androide não deixa o clima cair, e mantém a pegada com seu Grunge – Hardcore – Alternativo, e como sempre entregando tudo ao vivo. O show teve como base o repertório do último EP “Exercícios de Autossabotagem“. Incrível como as músicas ganham mais força ainda ao vivo, com destaque pro Jarrel que quebra tudo na bateria.

Foto: Rubens Lerneh
Foto: Rubens Lerneh

Os Cardinais, após um pequeno problema técnico, que não atrapalhou em nada a apresentação, mostraram as músicas do excelente “Canções Para Ela Não Sair Do Seu Lado“. Muito bom ouvir canções como “Manu” e “Meu Me Desmonto” ao vivo. A dupla de guitarras funciona em perfeita hamonia. O baixo firme e preciso do Ivo Solano se destaca em “Beibe”, uma balada que escancara a influência do brega na banda.

Foto: Rubens Lerneh
Foto: Rubens Lerneh

Por fim, a People of Importance encerra a noite com seu Death/Doom Metal de primeira qualidade. Fyb C. já é uma referência no Metal piauiense, devido aos préstimos nas bandas Monasterium e Anno Zero, que devido a um hiato dessa última, precisou de uma nova banda para extravasar sua criatividade.

Foto: Rubens Lerneh
Foto: Rubens Lerneh
Foto: Rubens Lerneh

A plateia pode conferir o som pesado e cru da People of Importance, que infelizmente lançou apenas duas músicas, no EP “Live 202 Sessions” (clique aqui para ouvir).

Ótima noite para sair com pescoço doído de tanto bater cabeça.

Que o Rock Invaders chegue a várias outras edições, cumprindo muito bem seu papel em fomentar uma cena carente de eventos desse tipo.