A vastidão da Rússia é proporcional à escala de experimentos que a Subway Porno apresenta no divertido e alucinado disco de estreia Memory Motel, disponível nas plataformas de streaming para todo o mundo por meio do selo brasileiro Before Sunrise Records, em parceria com o selo russo Rakurs (que lança o álbum somente na Rússia).

O Subway Porno é uma banda de Samara, uma pequena cidade russa na região do médio Volga, e na ativa desde 2014. Antes de Memory Motel, o quarteto lançou um EP homônimo (2018) e três singles entre 2020 e 2021, que são Robo-Machine, Christmas Song e Галиматья.

Memory Motel é um lugar imaginário onde a pessoa fica sob as ondas da nostalgia. Este álbum é uma viagem ao grande mundo das memórias há muito tempo perdidas: as boas, as ruins, as agridoces.

Shoegaze dos anos 90, rock alternativo dos anos 00, rock neo psicodélico e new wave russo são sonoridades que norteiam o ouvinte neste álbum, mas facilmente sintetizado em shoegaze/noise pop.

Em cada quarto do motel, isto é, em cada música, se desenrola uma história individual: todas essas peças são partes do misterioso universo de Subway Porno.

O disco tem baladas pesadas e barulhentas, carregadas de uma eletricidade de bateria, temperadas com um baixo gordo e ruidoso e uma sujeira de guitarras barulhentas borradas afetam o ouvinte, quase como se estivessem sendo hipnotizados, colocados em transe.

Memory Motel foi gravado em um lugar bem peculiar – o estúdio da banda é uma casa centenária situada bem ao lado do cemitério da cidade natal. Este pequeno detalhe, sem dúvida, deixou um sabor assustador e hipnotizante em sua música.