A Validuaté chega ao seu quarto disco de estúdio, e não decepciona os fãs, trazendo a mesma qualidade já conhecidas dos trabalhos anteriores.

“Escute, o Sol Está Nascendo” teve produção, mix e master de Iago Guimarães, do renomado 202 estúdio, e foi gravado no Estúdio A Casa, do super competente Igor Barreto. Só poderíamos ter um resultado de altíssima qualidade.

O disco abre com a faixa “Minha Sorte”, e traz a participação luxuosa de Zé Manoel. A faixa já havia saído como single e era conhecida do público, e já havíamos falado nela aqui.

“Aquela Roupa” não deixa ninguém ficar parado, uma levada diferente e uma composição belíssima. Quaresma sempre certeiro. E a música, assim como quase todas, fala de um tempo de esperança.

Somos pegos de surpresa com uma balada cantada pelo Leone (tecladista), uma música romântica e cheia dos clichês do estilo. “Será que ela sente como se o mundo fosse só nós dois, ou será só eu? Será que ela pensa em mim como se não houvesse depois, ou será só eu?“. Certamente vai embalar muitos corações apaixonados Brasil afora.

“Nova Página” é o que seu título diz. Sempre podemos ter uma nova chance e o apoio daqueles que nos cercam. “Viver é também ter histórias para contar“. Há um interlúdio bem bonito. Não estamos sós nessa luta diária.

Seguimos com mensagens de esperança até o fim. Com destaques para “Meu Lugar”, com ótima letra e arranjo e “Ainda Assim”, e sua bela pegada, com Vazin mostrando que o simples pode ser muito belo.

Com pouco mais de 30min a Validuaté mostra por que é uma das melhores bandas do Piauí e o porquê de tantos fãs admirarem tanto a sua obra. Que o “Escute, o Sol Está Nascendo”possa reverberar Brasil afora. Em tempos difíceis como o que passamos, qualquer sopro de esperança é válido.