O Duna Duo nasceu do amor. Amor à música, amor à arte, amor às pessoas, amor à liberdade. Nasceu da amizade e do respeito mútuo que uniram os artistas Adriano Rocha e Kaise Helena. Nasceu da alegria, daquela leveza que sentimos quando pegamos a estrada para uma viagem de férias. Certo dia, Adriano Rocha, músico baiano radicado em Brasília, sentiu vontade de levar às pessoas letras e músicas que são um alívio, um sopro de graça e de amor em dias tão difíceis.

Duna Duo por Ana Vilela

A afinidade de sonhos conduziu a cantora brasiliense Kaise Helena para a mesma caminhada. Agora, os dois dão vida ao primeiro álbum da dupla, “Leve” (2022) – com arranjos e direção de Adriano Rocha e Cláudio Truzzi. A melhor forma de ouvir? No carro, na estrada, indo para o trabalho, com os amigos, dançando só na sala, espreguiçando na rede, com os pés na grama, na areia da praia, ao redor de uma fogueira…

Com oito faixas, “Leve” traz temas como o amor agênero, o cotidiano, a natureza e a amizade, com linhas melódicas que passeiam por influências dos anos 1970, auge do Movimento Tropicalista e do surgimento da psicodelia nordestina; das nostálgicas canções de amor que embalaram a década de 1980; do reggae brasileiro do grupo Cidade Negra; do Movimento Tribalista e da nova MPB. Um álbum pop como a música brasileira e misturando estilos de norte a sul. Tem xote, mpb, reggae, pop e o que há de mais brasileiro na música.