A amizade de João Brandim e Aivlis Amorim fez nascer a banda Acácias. Vizinhos, sempre tocavam juntos. O entrosamento proporcionou um ambiente fértil para compor suas próprias canções. Com o amadurecimento do processo criativo, a banda conseguiu construir uma identidade sonora, o que resultou em canções que abordam sobre o mesmo tema de variadas formas: amor.

Arritmia” é o mais recente single da banda, disponível nas plataformas de streaming desde o dia 16 de maio. “Arritmia” é o resultado de um trabalho “artesanal”, feito em home studio, driblando a falta de recursos financeiros.

Foto: Instagram da banda

Com linguagens regionais aliadas ao universalismo do rock, funk, rap, reggae, entre outros, a banda Roque Moreira diversifica e enriquece seu som, criando assim uma malha sonora com vigor e rica de informações.

A levada dançante e a irreverencia nas apresentações são marcas registradas da banda, que fazem o público e banda tornarem-se um só em suas apresentações.

Foto: Instagram da banda

A Alma Roots coleciona hits que costumam ser cantados pelos seus fãs, que se auto intitulam “família”. Músicas como “Hoje eu tô de boa”, tocaram em várias rádios Brasil a fora, sempre com uma receptividade. Com nove anos de estrada, a banda certamente fará um verdadeiro baile reggae no Festival GiraSol.

Foto: Instagram da banda

Hugo dos Santos em 2012 lançou seu primeiro trabalho solo Trincado- Todos os Santos. Em 2015 lançou o disco homônimo Hugo dos Santos. Em 2017 lança o primeiro single do duo Tupi Machine, em parceria com Jean Richard (Dj PTK/QuilomboloucoBeats). Em 2018 Tupi Machine lança seu primeiro disco. Em 2019 lança Tupi Machine- Na Sala do Estar.

O artista lançou em janeiro deste ano o EP homônimo com cinco faixas. Para saber mais, confira a matéria aqui.

Foto: Instagram do artista