O Molho Negro lançou nesta quinta-feira (15) o novo disco ‘Estranho’, sucessor do elogiadíssimo “Normal”. O power trio faz o show de lançamento do álbum dia 23/9 no Centro Cultural Santa Cecília, em São Paulo.

“Estranho” foi gravado num período mais extenso, se comparado à produção dos anteriores. Começou no final de 2020 e terminou no começo de 2022, gravado no Estúdio Costella, em São Paulo, com Gabriel Zander. O lançamento será via selo Flecha Discos.

O novo álbum tem 11 músicas e é possível ter uma noção do que está por vir pelos dois singles já lançados, ‘Berrini’ e ‘23’. O minimalismo dos arranjos é uma característica importante à sonoridade deste álbum.

Foto: Lucca Miranda

O Molho Negro olha para este novo disco como mais “sério” ou “ríspido” do que os anteriores, com “menos humor”, como ressalta João Lemos (vocal e guitarra), um tanto incerto quanto às definições, que de fato vai precisar da audição completa do público para enfim poder falar melhor do que aprontou o power trio.

João acrescenta: “uma coisa natural, de amadurecer, de pandemia, de mundo acabando mesmo, acho que gradualmente as coisas foram tomando outras formas”.

A banda tem quatro discos lançados: o homônimo “Molho Negro” (2012), “Lobo” (2014), “Não é nada disso que você pensou” (2017), “Normal” (2018). Além do single “Contracheque” (2019) e um DVD no Youtube intitulado “33’54” – Molho Negro ao vivo”.

O trio teve passagens pelos principais festivais do país como o Lollapalooza, Festival DoSol, GarageSounds, Abril Pro Rock, Se Rasgum, SIM São Paulo, Virada Cultural de São Paulo, Bananada, Morrostock e Oxigênio Fest.