Teresina segue tirando o atraso dos shows devido à pandemia da COVID 19. Bueiro do Rock, casa que dispensa apresentações, recebeu num domingo incomum de chuva em pleno mês de novembro People of Importance, Eclipsed e as paulistanas do The Damnnation.

Foto: Fernando Castelo Branco

Apostando em um death/doom cru e bastante “raiz”, a People of Importance vitamina seu set list de material próprio com releituras de Paradise Lost e Tyamat, explorando o contraste do virtuosismo do guitarrista Flávio Anderson.

Foto: Fernando Castelo Branco

Mesmo sendo considerada uma banda iniciante, an Eclipsed tem uma agenda de banda com boa quilometragem, o que reflete visivelmente na segurança que a banda passa ao vivo. Mesmo se entitulando uma banda de death metal, é possível detectar influências bem modernas, o que facilita não somente chamar atenção do público mas também sua colocação em gigs com bandas de diversas vertentes no universo pesado.

Foto: Fernando Castelo Branco

O trio feminino The Damnnation encerrou em Teresina uma tour por dez cidades nordestinas, não apenas capitais, mas muitas pelo interior. É um trampo puxado, e é mais uma banda feminina botando a cara no sol. As bandas underground precisam ocupar espaços, e as bandas femininas, num cenário claramente misógino, também precisam cavar seu espaço, de igual pra igual, em quantidade e qualidade. Pra isso a The Damnnation conta com uma sonoridade que varia do peso do stoner rock à pegada mais agressiva do thrash oitentista. Mais uma banda que chega pra somar no cenário crescente do metal feminino brasileiro.